O futuro das empresas que aderiram o eSocial

29/11/2018

Automatize

Programar os processos de recolhimento e preenchimento dos dados trabalhistas, por meio de plataformas de gestão capazes de suportar toda a demanda do eSocial, elimina a intervenção humana, evita erros, aumenta a agilidade, e assim evita surpresas desagradáveis no final de cada período fiscal.

A mudança cultural de processos

Conhecer prazos, regras do eSocial e a própria legislação trabalhista e previdenciária, é fundamental para que as empresas tenham sucesso na implementação do eSocial.

No caso dos escritórios de contabilidade, é importe a criação de prazos internos. Se o prazo do envio da admissão é de até um dia antes do início da atividade do trabalhador, o ideal é que esta informação chegue ao escritório com no minuto uma semana de antecedência. Desta forma será possível prevê possível problemas e resolvê-los em tempo hábil.

É necessário planejamento, organização e comunicação entre os setores da empresa, pois as informações enviadas ao eSocial é de alguma forma responsabilidade de todos.

Se a empresa tem possibilidade de ter um apoio jurídico, vale o investimento para evitar multas, penalidades fiscais e até mesmo ações trabalhistas.

Se não há esta possibilidade, a internet é uma boa fonte de informação se usada com controle e bom senso, sempre verificando a confiabilidade das informações.

Organize toda a documentação

A transmissão de informações sobre os funcionários para o eSocial exige extremo cuidado do operador. Uma vez que o sistema é integrado com a base de dados da Receita Federal, da Caixa Econômica Federal, do Ministério do Trabalho e da Previdência Social, qualquer incorreção no lançamento ou ausência de informações adequadas não serão aceitas pelo sistema.

Sabendo disso, é fundamental, antes do início do cadastramento no sistema, que se faça uma organização geral de toda a papelada referente aos funcionários como contrato de trabalho, atestados médicos, cópias de documentos, banco de horas, cartão de ponto, enfim, tudo que estiver associado a ele.

Feito isto, designe alguém ou alguma equipe, considerando a quantidade de funcionários que a sua empresa possui e o grau de complexidade do trabalho em função disso, para verificar os dados já obtidos. 

Profissionalize e capacite

A mão de obra envolvida nos processos de eSocial, uma vez que este programa irá substituir o envio de impostos, como a DIRF (Declaração do Imposto sobre a Renda Retida na Fonte), precisa ter bom entendimento sobre o sistema do governo e as tecnologias utilizadas para atender todas as especificidades requeridas pela Receita Federal, que somam cerca de 45 layouts que precisam ser preenchidos.

Está é a oportunidade ideal para você se capacitar ou profissionalizar sua equipe em eSocial. Aprenda todos os detalhes do departamento pessoal de forma simples e descomplicada. Saiba tudo sobre regras, documentos, procedimentos, leis e tudo que envolve o setor, além de dominar o eSocial por completo. Essa é a sua grande oportunidade de aprender todos os procedimentos na prática com profissionais experientes e atuantes no segmento.

Voltar